domingo, 3 de abril de 2011

Gato também tem alergia?

Todo mundo provavelmente já ouviu falar de alguém que tem alergia a gato, certo? Agora acho que nem todo mundo sabe que gatos também têm alergia.  Eu mesma nunca tinha pensado no assunto até a Marie começar a se coçar. Pois é, logo depois do episódio da rede de limão e coincidindo com uma viagem minha, a Marie começou a se coçar com muita força principalmente no pescoço, no queixo e nas orelhas. E como eu nunca consigo cortas as unhas da danada, ela se machucava muito cada vez que se coçava.
Na primeira visita ao veterinário – quando eu ainda estava viajando – foi passado um anti-alérgico.  A princípio o anti-alérgico pareceu funcionar, apesar de deixar a gatinha extremamente sonolenta, mas era claro que não podíamos manter a Marie a base de Polaramine para o resto da vida. Comecei então a pesquisar sobre o assunto. Pelo que vi, existem 4 tipos principais de alergia em gatos: alergia de contato, alimentar, inalatória e alergia a pulga. Os sintomas são principalmente de coceira no corpo – em áreas específicas ou generalizada – mas pode haver também sintomas respiratórios e secreção nasal e oral. O mais difícil parece ser descobrir a causa da alergia.
Quando a alergia é alimentar, fica fácil resolver o problema. Em geral, os gatos têm alergia ao componente protéico da ração e no mercado existem rações hipoalergênicas, que possuem proteína de soja ao invés de proteína animal. Sei que a Royal Canin tem ração hipoalergênica para gatos, mas não sei dizer se alguma outra empresa também oferece. Torcendo para que a alergia da Maroca fosse alimentar, comprei um pacote da ração; que está em cima da minha geladeira até hoje. Pois é, a Marie se recusou a comer. Ela literalmente preferia passar fome a comer a tal ração de soja. Vegan ela não é e nem pretende ser.
A opção foi buscar uma ração que tivesse apenas um tipo de proteína animal e torcer para ela não ser alérgica àquele tipo específico. Olhei todas as embalagens do mercado e a grande maioria das rações mistura diversos tipos de carne. Só encontrei mesmo a Guabi que só tinha proteína de frango. Comecei a dar e nada da coceira melhorar. A veterinária explicou que levava pelo menos 8 semanas para que todos os componentes da ração anterior saíssem do sistema e só então poderíamos analisar se a mudança de alimentação tinha ou não melhorado a coceira.
Passamos então para a alergia de contato. Logo de cara, trocamos a areia sanitária. Experimentei várias – de pedrinhas, de trigo, de madeira – e acabei optando pelo trigo, mas nada da coceira melhorar. Proibi todo e qualquer material de limpeza em casa – só usamos álcool e água sanitária bem diluída – e por fim troquei o sabão em pó por sabão de coco. Nada melhorava e as feridas estavam cada vez piores. A Marie não tinha mais pêlo no queixo e tivemos que colocar o colar elisabetano para ela parar de se machucar.
Nesse meio tempo, mudamos de veterinária. A primeira disse logo de cara que seria quase impossível descobrir a causa da coceira. Disse que podia ser alérgica ou auto-imune e passou logo um tratamento com corticóide. Chegamos a dar um ciclo de corticóides meio temerosos e, apesar de diminuir um pouco a coceira, o tratamento não eliminou o problema.
Mudamos de veterinária e a nova – especializada em gatos e que continua tratando a Marie até hoje – disse que a alergia podia estar relacionada a estresse, já que tinha começado logo depois da cirurgia. Compramos então um difusor com Feliway. Propondo ser “o segredo do gato feliz”, o Feliway é um análogo sintético do ferormônio facial dos gatos, que é usado para marcar o território (farei um post sobre isso no futuro), e teoricamente cria um ambiente de segurança e familiaridade para o gato. Resumindo: também não funcionou.
Acabamos fazendo mais um ciclo de corticóides que teve um efeito péssimo na Marie – segunda desventura que será abordada em algum dos próximos posts – e fomos para uma dermatologista que também não resolveu o problema. Final da história: de uma hora para outra a coceira foi diminuindo. O fato é que durante um período grande estávamos cercados de obras: no apartamento em cima, no prédio da frente e na rua.  E quando as obras acabaram a coceira melhorou. Não posso afirmar que o problema fosse esse, mas o pêlo do queixo voltou a crescer. Acho que a Marie é alérgica a poeira e que o estresse potencializa o problema. É só alguém falar um pouco mais alto que ela começa a se coçar. De vez em quando ela ainda acorda com os olhos lacrimejando ou se coçando demais, mas é só dar anti-alérgico por alguns dias que ela melhora. E o mais legal é que ela aprendeu que não pode se coçar com força. Quando ela começa a se coçar, a gente diz “devagar, Marie” e ela deixa de fazer força. Parece incrível, mas é verdade! A moral da história é: se o seu gato é alérgico, tente eliminar a causa da alergia ao invés de tratar com corticóide. Prometo pesquisar sobre testes de alergia e imunoterapia em gatos para postar logo logo.

Na foto, Marie super insatisfeita com o colar elisabetano feito de filme para raio-X.

50 comentários:

  1. Santa net! Que bom que encontrei seu blog!
    Tenho uma gata siamesa com 16 anos que tb começou com coceiras no corpo todo e apareceram umas feridas no pescoço. Levei numa veterinária que "suspeitou" e a trouxa aqui aceitou, que fosse uma deficiência do rim. Receitou uma tonelada de medicamentos fortíssimos e recomendou aplicação soro com mais um monte de vitaminhas, etc, uma vez por semana...nada. Troquei de médico, a segunda disse que não sabia qual o problema dela, fez vários exames que não deram alteração, receitou mais uma tonelada de remédios e, caso não melhorasse, eu precisaria fazer outros exames.
    Resumindo: ela melhorou, ficou mais ou menos uns 40 dias sem coceira, voltou a dormir mas agora começou tudo de novo e não estou com a mínina vontade de levar num veterinário, gastei muito dinheiro e não sentí confiança em nenhuma das duas médicas.
    Suspeito que ela seja alérgica (isto não foi cogitado pelas médicas...), está tendo a contrução de um prédio ao lado do meu e tem muita poeira por aqui e gostaria de dar um antialérgico por minha conta e risco.
    Você se importaria em me dar o nome de um antialérgico? Não acredito que possa haver algum problema, se a coceira não passar, saberei que não é alergia...aí terei que procurar outro médico.
    Obrigada, um abraço
    Claudia

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Claudia, espero que você descubra logo o que está acontecendo com a sua gatinha. Você tem visto ela se coçar? Ela se coça com muita força? Parece que é meio complicado mesmo diagnosticar alergia de gato. No caso da Marie, até hoje não descobrimos ao certo a que ela é alérgica, mas desconfiamos que seja a poeira, já que ela piora muito quando tem alguma obra por perto. Por isso tentamos aspirar a casa com muita freqüência e passar pano úmido no chão. Você pode ver se isso ajuda. Ou talvez tentar um purificador de ar (me sugeriram isso mas eu não cheguei a tentar). Quando a alergia estava forte demais a Marie teve que usar o colar elisabetano, porque ela se feria muito com as unhas. Você pode pensar nisso também. Hoje em dia a alergia melhorou e nós só damos o antialérgico quando ela está em crise. Ele não resolve o problema, só diminui, e a Marie fica muito sonolenta. Acho importante você levá-la ao veterinário sim e dizer que você está desconfiando que seja alergia. Só um veterinário pode receitar alguma coisa para ela. A Marie toma Polaramine, mas a dose varia de acordo com o peso do animal e como a dosagem para animais é diferente da dosagem para humanos, é importante que você consulte um veterinário para saber quanto dar. Fora isso se as feridas estiverem abertas, talvez ela precise de um cicatrizante também (e gato não pode usar qualquer um, porque eles tentam sempre lamber o remédio). Você já foi em alguma clínica especializada em gatos? Acho que isso faz toda a diferença. Já receitaram remédio de cachorro para a Marie em uma clínica geral!
      Bom, te desejo boa sorte e melhoras para a sua gatinha! Espero que você descubra o problema logo.

      Excluir
  2. Obrigada pela idéia do colar de filme de raio X!!! É mais levinho q o colar de plástico e posso alternar quando eu estiver em casa.
    Melhoras pra sua gatinha!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Su, o colar de filme de raio X funciona bem! O de plástico é realmente muito pesado. Fizemos também alguns de cartolina, mas tínhamos que trocar com muita frequência. Felizmente a Marie nunca mais precisou usar. Melhoras para o seu gato!

      Excluir
  3. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  4. Olá Camila, o meu gatinho também está usando um colar de raio x, porque operou o olhinho de entropio (os cilios virados para dentro do olho) mas ele está bem trisitinho, e não consegue se alimentar direito com o colar, fica se batendo o tempo todo, eu tirei hoje para que ele comesse tranquilo, mas foi só tirar e ele coçou o olhinho e começou a sangrar, tadinho.
    O seu gatinho conseguia comer e usar a caixinha de areia sem problemas?
    Me conte sua experiência, porque eu estou de coracão partido de vê-lo assim.

    Obrigada, Ana.

    ResponderExcluir
  5. Oi Ana,
    A Marie também sofreu muito com o colar de filme de raio X. Muito gatos ficam deprimidos. Eles ficam desorientados com aquilo no pescoço porque não conseguem usar as vibrissas. Às vezes eu tirava um pouco para ela comer e usar a caixinha de areia. Realmente ela sofreu muito. Tentamos outras alternativas que não deram muito certo, mas acabamos fazendo outros colares mais leves e menores feitos de papel revista normalmente. Incomodava um pouco menos, mas de qualquer forma eu tirava às vezes para ela comer. É horrível mesmo. Desculpa não poder ajudar mais. Se ele tivesse feito uma cirurgia em outro lugar eu sugeriria colocar a roupinha cirúrgica ao invés do colar, mas no olho é realmente complicado.
    Boa sorte com tudo. E melhoras para o seu gatinho.

    ResponderExcluir
  6. Olá, tudo bem? Antes de descartar a alergia alimentar, vc já foi orientada a fazer uma dieta de eliminação? É comum animais com alergia alimentar, ter sensibilidade a certas fontes de proteína, como frango e carne bovina, mas não necessariamente isso é verdade. Mesmo a ração hipoalergênica nem sempre resolve todas as alergias alimentares, basicamente porque o animal pode ter alergia a qualquer componente da ração. Sou veterinária e nutrologa e por acaso cai nessa página, amo gatos e comecei a ler e vi que você andou as voltas com a sua gatinha, tadinha, que já passou por tanto corticoide. Resolvi te mandar uma msg pq é a história de muitos pacientes meus. Conversa com seu vet sobre uma dieta de eliminação para gatos (fonte de proteina neutra) e veja se melhora.
    Escrevi um artigo sobre isso no meu site:

    http://goo.gl/ymuBm

    Pode ser isso, mas pode não ser, mas já vi muita alergia alimentar ser descartada, pq não foi feito o diagnóstico correto.

    Abraços e saúde pra sua gatinha!

    Sonali

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Sonali,
      Obrigada pela ajuda! Vou dar uma olhada no seu artigo!

      Excluir
  7. Que bom ver pessoas preocupadas com os felinos aqui!!! Alguém pode me ajudar? Tenho uma gatinha albina, Xuxa, com aproximadamente 9 anos, que está em estágio de coceira também. Ela já fez biópsia da orelha, pra ver se havia células cancerosas, mas deu negativo. Então, estamos iniciando tratamento contra alergia. Ontem ela tomou Prelone e hoje vou dar Polaramine pra ela, mas o farmacêutico disse que as pessoas já ficam sonolentos, imaginem os gatos....
    Quanto ao colar elisabetano, este é realmente o melhor. Os outros, além de mais pesados, restringem mais a visão do gato.
    Vou contar a vocês que já passei por 5 veterinários e já comprei 5 colares... E a coitadinha da Xuxa resistindo bravamente a tudo.... Mas gostaria muito de acabar com essa coceira dela.

    Abraços a todos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Nely,
      A Marie já tomou Polaramine algumas vezes e quando a coceira piora eu ainda dou. Melhora, mas ela fica super sonolenta realmente. Dou 1/4 do comprimido só, mas isso depende do peso do animal. Acho que o mais importante seria tentar descobrir a causa da alergia. A Marie já sofreu muito com isso e sofreu bastante tomando corticóide.
      Melhoras para a sua gatinha!

      Excluir
  8. olá pessoal, tenho um gato de mais ou menos 2 anos e de uns dias praca percebo que sempre que damos carne de frango o pelo dele cai e ele fica se coçando muito.( acho ele é racido com siames e angorar ) ou será da mistura de raças.

    ResponderExcluir
  9. Um dos gatos da casa tem refluxo há cerca de 4 anos. Já passou por cerca de uma dezena de veterinários, sem que se defina a causa do refluxo. Hoje iniciou a ração hiopoalergência da Royal que tem em sua composição gordura de frango e gordura de suíno conforme descrição no pacote e aí reside minha dúvida continua tendo produto de origem animal!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Ana,
      Não entendo muito do assunto, até porque não sou veterinária, mas parece que os gatos têm mais alergia a proteína animal. A ração hipoalergênica pelo que eu saiba não tem proteína animal, apesar de ter gordura animal como você mencionou. Talvez fosse bom você dar uma olhada no blog da Sonali:http://goo.gl/ymuBm
      Saúde para o seu gato!

      Excluir
  10. Ola me chamo Cintia, tenho um gato que desenvolveu um resfriado, depois, ficou com tosse, e logo depois o nariz congestionou totalmente, levei ao vet, e tomou antibióticos, antiinflamatórios, corticóides, xaropes melhorou um pouco, mais o nariz nada de desentupir, dei polaramine, e graças a Deus ele esta respirando muito melhor, ele acabou desenvolvendo uma alergia , a cimento, poeira, pó de madeira,fiz uma obra em casa e ele começou a espirrar, e o nariz entupiu na hora, nessas crises dou o antialérgico.

    ResponderExcluir
  11. Oi!

    Gostaria de saber que comida você dá para sua gatinha. A minha gatinha também teve uma alergia onde desenvolveu umas borbulhas nas orelhas e a Vet nunca soube dizer qual foi o resultado dessa alergia. Simplesmente lhe receitou corticoides e aconselhou a comprar a comida da Hill's Z/D. Ela já come desta comida há uns anos...mas gostava de experimentar outra até porque esta é muita cara!

    Obrigada

    ResponderExcluir
  12. puxa...feliz por achar tanta gente, que como eu gosta de gatos. tenho 2 gatas e uma delas vomita ao menos 1 x ao dia. ja levei ao vet mas ele diz que é bola-de-pêlo. nao acho....pq é com muita frequencia. alguem tem informação ??

    ResponderExcluir
  13. Eliana 21 de abril de 2015
    Tenho uma gata siamesa, Manon, que foi diagnosticada com “placa eosinofílica”. Em um ano e oito meses, troquei 3 vezes de veterinária porque os antibióticos, corticoides, e vários remédios alopatas feitos em farmácia de manipulação, agiam sobre as feridas por um tempo, e mesmo usando o colar elisabetano, as placas voltavam e com uma aparência horrível. A boca estava completamente tomada de feridas. E minha gatinha começou a perder peso apesar de comer 3 vezes ao dia. Decidi apelar para a homeopatia, e um amigo me indicou uma veterinária (Rogéria – tel. 98736.3625) que conseguiu, em 3 meses de tratamento, que Manon melhorasse 95% - as feridas da boca características da doença já fecharam, ela passou a comer 4 vezes por dia, ganhou mais de 1,5 kg, o pelo, que estava ralo nas coxas e áspero, voltou a crescer e ficou macio. Ainda não tirei o “colar” porque a ferida da coxa fechou, mas falta o pelo cobrir a pele. Espero que possa ajudar com este comentário.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eliana boa tarde.

      Você poderia me falar qual homeopatia usou?
      Minha gata esta com alergia alimentar..não sei mais o que faço.

      fernandabastos3436@gmail.com

      Obrigada

      Excluir
    2. Eliana boa tarde.

      Você poderia me falar qual homeopatia usou?
      Minha gata esta com alergia alimentar..não sei mais o que faço.

      fernandabastos3436@gmail.com

      Obrigada

      Excluir
    3. Eliana, o contato da homeopata é Rio de Janeiro?
      Sabe informar se o celular continua o mesmo? Agradeço se puder me enviar o contato dela por e-mail: bellemazza@yahoo.com.br

      Excluir
  14. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  15. Também tenho uma gatinha de 1 ano e 10 meses, que tem essas coceiras horríveis, está com uma ferida desde agosto, enorme no pescoço, que está bem dificil de sarar, trato com dermatologista e agora estamos na fase de eliminação para descobrir a causa da alergia, ou pelo menos tentar, já fizemos biopsia e deu dermatite idiopática,agora ela está sem raçao e comendo arroz branco com cação ou pescada branca, unicos peixes que podem ser dados a ela. Eu realmente não sei mais o que fazer, está com Polaramine, o que deu uma boa diminuida nas coceiras, mas isso não poderá ser pra sempre. Ela não come direito, pois está acostumada com ração, não defeca todo dia como fazia com ração, estamos aqui em casa bastante apreensivos, fazemos curativos diariamente, e ela é obrigada a ficar com atadura para não se ferir, cortamos semanalmente as unhas dela, mas se ela pega na ferida abre e forma um buraco horrível. Colar não funciona pois a ferida é bem no pescoço em cima(final da cabeça) ela sente dor. Tomara que possamos conseguir resolver tudo isso com nossas filhotas lindas. Obrigada por seu post.

    ResponderExcluir
  16. Olá meu nome é Franci, meu gato Thobias, depois de um resfriado forte ele ficou com uma coriza irritante. Já fiz vários tratamentos com antibióticos, antiflamatorios, inaladores, corticoides. Estou observando e acho que poeira é o pivor da secreção nasal. Já passei por 4 médicos e nem um passou um antialérgico. Achei na net um remédio ALERGOVET.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Este comentário foi removido pelo autor.

      Excluir
    2. Olá!Minha gatinha Julie também está assim a veterinária receitou alergovet vc chegou a dar para o seu ?Ele melhorou?

      Excluir
  17. Se alguém conhece um tratamento para a secreção nasal de Thobias me informe por favor.

    ResponderExcluir
  18. Olá meu nome é Franci, meu gato Thobias, depois de um resfriado forte ele ficou com uma coriza irritante. Já fiz vários tratamentos com antibióticos, antiflamatorios, inaladores, corticoides. Estou observando e acho que poeira é o pivor da secreção nasal. Já passei por 4 médicos e nem um passou um antialérgico. Achei na net um remédio ALERGOVET.

    ResponderExcluir
  19. Olá, gostaria de falar um pouco aqui do gato Dingo. Há 5 anos na luta para controlar os sintomas do que parece ser alergia e também uma rino crônica. Já sei que ele tem alergia alimentar e por isso só come a royal hipoalergenica de forma criteriosa, mas mesmo assim, embora seja mais brando, o problema permanece, desconfio um pouco se essa ração é totalmente livre de componentes alergicos para ele, mas infelizmente só há ela no Brasil. Já testei fiv felv e deu negativo, tb não posso afirmar que não seja uma doença imunológica. Ele agora toma Interferon, que foi de grande ajuda, pois a coceira diminuiu muito e também ajudou na rino. Não sei se a longo prazo o Interferon vai fazer mal, mas não posso deixar de dar. Ou ele ou corticóides, então prefiro o Interferon. As coceiras concentram-se na cabeça principalmente, mas podem parecer na porção medial das patas da frente, inclusive nesse momento ele está de colar, pois há feridas na pata na altura do "sovaco". Ele também não pode usar anti pulgas do tipo pipetas na pele, da reação alergica, felizmente ele é interno e nunca teve pulgas. Faço assepsia da casa somente com agua sanitária corretamente diluida na agua, mantenho a casa limpa. Com esforço vou tentando manter ele confortável. A rino faço limpeza praticamente diária com soro fisiológico e faço um "alfinete de guardanapo" que coloco a ponta em sua narina para ele espirrar, é um bom método caseiro para expelir a secreção. Enfim, o que lembro no momento é isso, só sei que é preciso diminuir ao máximo as medicações e tentar observar mais as coisas que podem deixar ele pior. As vezes nâo tem jeito e só o corticoide salva, o que reforça ser alergia alimentar. O sossego do animal tb ajuda. Obrigado pelo espaço e boa sorte com seus gatos.

    ResponderExcluir
  20. Gostei muito do seu blog Marie, tenho 4 gatos, nenhum deles gosta de cortar as unhas, então eu só consigo fazer quando estão dormindo, corto 2-3 de cada vez e funciona muito bem.
    A Mais nova tem 2 anos e tem alergia inalatório a produtos de limpeza, principalmente com peróxido (Candida/Agua sanitária), ela tem uma tosse seca (parece bronquite), levei no veterinário 2 vezes antes de perceber o motivo e ela tomou corticóides e antibioticos. Espero que esta informação ajude.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu troquei o produto que usava no chão de casa (comecei a usar esses lenços umedecidos próprios pro chão) e uma semana depois a minha gata mais velha com 1 ano e meio começou a espirrar muito. Parece uma rinite. Ela acorda e espirra, toma banho e espirra, cheira algum lugar e espirra, cheirou a pouco o sabonete na pia e deu uns 6 espirros um atras do outro. Tô preocupada, ela não tem febre, come bem, bebe bem, e brinca bastante. Coceira tb não notei. E uns 4 dias depois, a mais nova comecou com os mesmos sintomas. Isso já tem uns 10 dias. Não pioraram nem melhoraram. Estão as duas espirrando. Não tenho ideia do que pode ser. Pensei no produto de limpeza, pensei na areia perfumada (usam há meses), já pensei até na obra no apartamento de baixo. Estou atrás de um veterinário especializado e não encontro. Ambas são vacinadas em dia. Me desespero cada vez que uma espirra. Vou trocar o produto semana que vem na limpeza da casa. Se alguém ler meu relato e tiver uma luz, eu agradeço!

      Excluir
    2. Oi, se estão as duas, espirrando, é possivel que uma tenha contaminado a outra, não posso afirmar pois não sou especialista, mas o certo é levar o quanto antes no veterinário para fazer exames, pois um quadro de espirros pode evoluir para uma rino crônica. Como elas estão com esta sensibilidade, espirram à menor mudança no ar, etc. O gato aqui de casa é alérgico, uso somente agua sanitária muito diluída em água para assepsia do piso. Areia perfumada não é uma boa nunca. Elas devem precisar de algo como um suplemento para levantar a imunidade. um vet experiente em gatos, é sempre preferível.

      Excluir
  21. Oi Camila, td bem com vc e a Mary? Tb amo essas fofuras, tenho uma tombinha de dois anos a Tetê e ela está perdendo pelos só nas patinhas. Ainda não levei no vet, mas quero evitar medicamentos, passei a limpar a casa só com álcool. E troquei a areia por silica. A ração sempre foi a mesma. Será que pode ser a ração?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sílica não é uma boa ideia, existe uma doença chamada silicose, que afeta o pulmão. A areia branca tem pouco pó. Li aí em cima que água sanitária pode dar alergia respiratória. Vou suspender aqui em casa, meu gato ficou asmático de repente, aos 19 anos. Valeu pelo Blige, muito bom!

      Excluir
  22. Oi Camila, meu nome é Silvia. Tenho uma gata que tem muita coceira, ela se machuca muito, mesmo cortando as unhas dela. Já fiz vários tratamentos e nenhum deu resultado. Tratamento dermatológico, para ouvido, para fungos e nada. Levei em varios veterinarios e os sintomas amenizam e a coceira volta. Estou pensando em dar polaramide. Esse remédio compra em loja de produtos para pets ou fármacia?

    ResponderExcluir
  23. de anti histamínico alergovet c. com ograx 500. que sao acidos graxos. dou direto, diariamente. so isso deu sossego para ele e para mim. alergia crônica, alimentar e outras, nada mais deu jeito, isso comendo ração hipoalergênica, pois nao consegui fazer transição para comida natural. agora, ao menos por.enquanto vivemos melhor. as lesoes sao bem meos recorrentes. cansei de buscar soluções em 7anos tentando.

    ResponderExcluir
  24. Ai que bom encontrar vcs. Por favor me ajuda a ajudar meu gatinho. Há um ano, ele começou a lamber a barriguinha até as laterais do dorso, as perninhas traseiras e o rabinho das proximidades do ânus até a metade do rabo. Na verdade, ele estava repetindo de maneira mais intensa o que uma outra gatinha recém resgatada fazia – só que ela lambia as laterais do corpo. Parecia ser uma espécie de coceira e nós pensamos: É algum tipo de bichinho. Não era pulga, mas podia ser ácaro. Ele tanto se lamber que “se raspa”. Os pelos ficam ratados e ele vai ficando pelado. Fomos ao veterinário dermatologista. Ele nos cobrou caríssimo. Mais caro que uma consulta de gente. E nos disse que podia ser um ácaro. Na verdade ele disse que começaríamos um tratamento por eliminação de alternativas. Passou uma série de produtos muito caros, acima do que podíamos, Mas tentamos, mesmo nos endividando, de tanto que nosso gatinho sofria. Claro que não deu em nada. Quando voltamos ao veterinário, obviamente após o tratamento e fora do prazo da consulta da volta, ele quis cobrar o mesmo tanto numa nova consulta e aí entendemos que era um golpe. Iriamos para a segunda tentativa e obviamente meu gato não iria melhorar... Fomos a outro veterinário, que suspeitou de alergia e começou corticoides. Ele parou de se lamber pela diminuição da coceira e o pelo voltou até a crescer, mas ao suspendermos o corticoide, voltou tudo. Intensificou-se a agonia. Dos nossos cinco gatos, quatro começaram a repetir o comportamento. Se lambiam até se ferirem... Fomos trocando de areia, alternando os produtos de limpeza, testando shampoos, etc... Até que uma última veterinária disse ser estresse e que não havia o que fazer, além de dar banho com shampoo johnsons e colocar o feliway. Não consigo comprar o feliway. É muito caro para mim. Nesse meio tempo, dois dos outros gatos pararam de lamber e os pelos estão crescendo, uma terceira gatinha está piorando e esse de quem eu estou falando piorou demais. Ele não para de se lamber... está compulsivo e tem ficado, obviamente, muito nervoso. Agride os outros gatos e, quando nós tentamos impedi-lo de se coçar, ele rosna. Gente por favor, o que eu faço? Ele certamente está sofrendo... Quem puder me orientar por favor, me escreve no santosfernanda@yahoo.com.br. Não tenho acesso frequente a internet e talvez não veja uma resposta aqui. Mas nos ajudem...

    ResponderExcluir
  25. Ninguém tentou usar como tratamento essências florais de bach ou Saint Germain, consegui diminuir agressividade típica da minha gatinha com alergia respiratoria, as crises respiratorias, a formação de secreção, ainda não descobri a que é alergica - ela chegou doentia com 2 meses,está com quase 4 meses, tbm dou KALOBA; e, faço inalação com os florais e kaloba; falta testar um anti histaminico....contarei a seguir os resultados

    ResponderExcluir
  26. Ninguém tentou usar como tratamento essências florais de bach ou Saint Germain, consegui diminuir agressividade típica da minha gatinha com alergia respiratoria, as crises respiratorias, a formação de secreção, ainda não descobri a que é alergica - ela chegou doentia com 2 meses,está com quase 4 meses, tbm dou KALOBA; e, faço inalação com os florais e kaloba; falta testar um anti histaminico....contarei a seguir os resultados

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Por favor, quais florais você utilizou?

      Excluir
  27. Olá, gostei mt do post. Estou passando por algo bem parecido com minha gatinha Sophia. Uma alergia persistente que ameniza com corticóides aplicados pelo veteeinário. Mas não dá pra ficar mantendo isso financeieamente quase todo mês. Poderia então me ajudar, dizendo qual a dosagem de polaramine por kg do gato? Te agradeço. Abs

    ResponderExcluir
  28. Minha gata sempre comeu royal canin persian, de uns meses para cá observei falhas no pêlo, muita coceira, escamação e feridas umidas redondas e vermelhas. O dermato receitou prednisona, 2 banhos por semana com cloresten e hidrapet, uso mensal de revolution e como não deu nada no exame de fungos, dieta exclusiva com royal canin hipoalergenica por 60 dias.
    Alguém teve problemas de alergia com essas ração? Ou usou a ração hipoalergenica e resolveu?
    N observei melhoras por enquanto, a agonia faz ter vontade de parar e tentar outras coisas :(
    Ela sempre comeu esta ração seria possivel desenvolver alergia depois de 10 anos?
    Unico caso relatado que encontrei https://www.reclameaqui.com.br/royal-canin/racao-indoor-deu-alergia-no-gato_ZqWYylpbBR7CLPBJ/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá pessoal, minha gatinha sofreu quase 1 ano com alergia alimentar. Até descobrirmos a causa, ela tomou remédio pra alergia, antidepressivos, fungos, corticoides...um martírio. Até que a nova veterinária que levamos receitou a ração Hill's z/d e foi a nossa salvação!!! A coceira e as feridinhas desapareceram completamente depois de algumas semanas. Como nem tudo é perfeito, não encontramos esta ração no mercado brasileiro e estamos importando, e, as vezes é taxado pela alfândega. Ps: a Royal canin para gatos alérgicos não funcionou para ela...

      Excluir
    2. Olá, grato pelo depoimento. Poderia informar de qual loja consegue importar a hills z/d feline?

      Excluir
    3. Oi Elias, você pode encontrar no site Miscota: https://br.miscota.com/

      Excluir
  29. Oi Elias, você pode encontrar no site Miscota: https://br.miscota.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, muito obrigado. Achei interessante, vou fazer um pedido. Sobre o frete, qual você usou? Entre o regular e o expresso a diferença é até pouca. Valeu.

      Excluir
    2. O frete uso o regular mesmo porque não dá diferença no prazo de entrega. Por exemplo, fiz um pedido agora dia 29 de junho e pelo código de rastreamento chegou no Brasil ontem, dia 5/7. Deve demorar mais um pouco pq fica na fiscalização, aí é torcer para não ser taxada.

      Excluir
    3. estranho. o site é suspeito. daí fui olhar no Reclame Aqui. há dezenas de denuncias. de pessoas que compraram no Miscota e levaram calote. A suposta loja não se manifestou em nenhuma reclamação. desanimei.

      Excluir
    4. É, depois que comprei vi mesmo as reclamações...mas como comigo está dando certo e minha gata sofre demais se comer outra ração, continuo comprando até encontrar alguma outra no Brasil...

      Excluir